quinta-feira, 3 de maio de 2012

Atari Jaguar 64-Bit - Console Review



Aqui está  item mais raro e de maior valor de minha coleção, o Atari Jaguar 64-bit.




Vou começar contando a história do meu console: Foi adquirido no mercado livre, em novembro de 2007. Ele foi anunciado como novo, nunca usado e realmente nunca havia sido usado. O aparelho estava completo, como saído da loja.

A caixa do Atari Jaguar é muito bonita, mas curiosamente aparece a foto de um jogo nunca lançado: Tiny Toons, que não passou da versão beta. Tiny Toons pode ser visto na caixa do Jaguar, é a foto de baixo da esquerda, entre as 10 que aparecem no verso da caixa.

Itens contidos na caixa do Jaguar:
  •  Aparelho Atari Jaguar 110v (americano)
  • Controle
  • Caixa externa
  • "Papelão" que acomoda os componentes
  • Fonte 110v
  • Cabo RF (isto foi realmente uma pena, pois o cabo RF fornece baixa qualidade, a Atari poderia ter vendido o console com cabo Vídeo Composto A/V, em meados de 1993 a conexão Vídeo Composto já era comum)
  • Manual
  • Poster
  • Cartucho Cybermorph
  • Manual Cartucho Cybermorph
  • Propaganda Atari Linx





Comercialmente falando o Jaguar foi um fracasso. Foram diversos erros e falta de visão de mercado da Atari. O Jaguar foi desenvolvido juntamente com outro projeto de codinome "Panther", que seria um console de 32 bits da atari, que nunca foi desenvolvido completamente. O projeto Jaguar foi escolhido após os engenheiros da Atari perceberem que outros fabricantes como Sega e Sony já planejavam consoles de 32 bits muito mais poderosos, então a Atari focou-se no seu projeto de 64 bits.


32 bits x 64 bits ?

Há uma certa controvérsia em relação ao Marketing do Jaguar como primeiro console de 64 bits. O processador central do Jaguar é um Motorola 68000, muito usado antigamente em computadores, video games e componentes eletrônicos, que processa instruções de 32 bits. Porém o controle de sinais do gráfico dos co-processadores (acelerador gráfico) é de 64 bits. Segundo a Atari apenas isto já caracteriza um sistema de 64 bits. Até hoje a questão é discutida, e apesar da Atari aclamar o Jaguar como primeiro console de 64 bits o sistema mostrou-se inferior em termos de hardware aos outros sistemas de 32 bits lançados posteriormente como Sony Playstation e Sega Saturn.

Fracasso

Há diversos fatores que contribuíram para o fracasso do Jaguar. O fato é que o console recebeu poucos jogos, a Atari teve apoio de poucas softhouses, em sua vida o Jaguar teve em torno de 117 jogos oficiais, e poucos títulos de nome ou conhecidos do público.
O joystick do Jaguar também não agradou ao público. É grande e desajeitado, com apenas 3 botões de fácil acesso e  outros 12 botões localizados na parte inferior do controle. Estes 12 botões são os dez dígitos de discagem de telefone de 0 a 9 mais "*" e "#". Algo realmente incomum em um controle de video-game...
Além de poucos, os jogos do Jaguar mostraram-se repetitivos, os melhores hits mostraram-se shooter em primeira pessoa (FPS): Doom, Wolfenstein e o melhor jogo do Jaguar: Alien vs Predator.

Voltando para a Caixa


Nas próximas postagens abordarei outros itens de minha coleção.
Agradeço ao tempo despendido na leitura.
Zardo Games.




Nenhum comentário:

Postar um comentário